Tribunal mantém resultado de leilão do Hospital Evangélico

Compra pelo Grupo Mackenzie tinha sido suspensa



O Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR) decidiu manter o resultado do leilão do Hospital Evangélico vencido pelo consórcio MACK-HE Dourados. A decisão é de terça-feira (11).

O consórcio composto pelo Instituto Presbiteriano Mackenzie e a Associação Beneficente Douradense arrematou o hospital e a Faculdade Evangélica do Paraná (Fepar) por R$ 215,05 milhões no dia 28 de setembro, mas a compra tinha sido suspensa pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) até que todos os recursos que contestavam o resultado fossem julgados.

O segundo colocado da concorrência, a Universidade Brasil, contestava a validade do resultado alegando que o consórcio vencedor não tinha toda a documentação exigida no momento do leilão para realizar o arremate.

O TRT, no entanto, julgou o recurso e confirmou a validade do leilão. Na decisão, o tribunal determinou que o Grupo Mackenzie pode assumir a gestão do hospital e da faculdade imediatamente.

O hospital tem uma dívida de aproximadamente R$ 230 milhões e está sob a intervenção da Justiça do Trabalho desde dezembro de 2014.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

17 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest