Prefeitura promete mais 400 guardas municipais até o fim de 2019

Candidatos às vagas cumprem etapas da formação



Com a expectativa de contratar 400 guardas municipais até 2019, a Secretaria de Recursos Humanos trabalha para cumprir todas as exigências para a contratação dos trabalhadores que ingressam na Guarda Municipal da Secretaria da Defesa Social e Trânsito. O edital do concurso se baseia no Estatuto do Desarmamento, lei federal de 2003, no decreto municipal que estabelece as atribuições do cargo, de 2012, entre outras normas.

"Este é o concurso com o maior número de etapas", disse a superintendente da Secretaria de Recursos Humanos, Luciana Varassin. Ela explica que isso se dá devido à complexidade da atividade exercida pelos profissionais e às especificidades do cargo.

"É de grande responsabilidade a contratação dos profissionais desta categoria, devido à natureza da atividade a ser desenvolvida pelo servidor. A profissão requer o uso de arma de fogo. Por isso é tão sério selecionar os profissionais", declarou a diretora do departamento de Desenvolvimento de Políticas de Pessoas da Secretaria de RH, Jane Alves Lopes de Sus.

Levantamento feito pelo departamento mostra que o tempo estimado desde o chamamento dos candidatos até que eles passem a atuar nas ruas como guardas municipais é de cerca de um ano.

O longo caminho começa desde as etapas que antecedem a classificação. Além da prova de conhecimentos, os candidatos passam pela prova de aptidão física e pela avaliação psicológica para verificar o perfil e porte de arma de fogo.

Desde o início da gestão, em 2017, já foram contratadas 59 novos guardas de um total de 814 contratações de servidores e empregados públicos em várias áreas feitas até 9 de dezembro de 2018.

Outros 171 candidatos do concurso da Guarda Municipal cumprem a etapa de exames médicos admissionais. Só depois desta fase eles farão o exame toxicológico, o que dura cerca de 40 dias úteis, pois o material para o exame é coletado em Curitiba, mas sua análise é feita fora da cidade, em São Paulo, no Rio de Janeiro ou até em outros países.

Depois de aprovados, os novos servidores deverão ser nomeados até abril e farão o curso de formação a partir de maio de 2019, com término previsto para o segundo semestre.

Já o último grupo que faz parte dos 400 previstos - pelo menos 170 candidatos aprovados no concurso público feito em 2015 - serão chamados no início do ano e, após todas as etapas, farão o curso de formação que começará em outubro de 2019, com término previsto para o início de 2020.

O cronograma para o chamamento é definido de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira do município.

Os candidatos podem acompanhar o andamento do processo de convocação pela internet. O canal oficial de comunicação entre os candidatos e a Secretaria de Recursos Humanos é o site www.curitiba.pr.gov.br, no link concursos públicos.

24 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest