Pecuarista já mira mercado de touros em 2019 e reforça seleção de animais provados

A Prata Agropecuária encerra 2018 com toda a produção vendida em tempo recorde. No Brasil, a demanda anual por reprodutores de genética superior continua alta, em torno de 400 mil.

O mercado de touros superiores segue firme neste final de ano e já leva os pecuaristas a investirem na produção da safra de 2019. Na Prata Agropecuária, todos os 250 reprodutores ofertados em 2018 foram comercializados em apenas dois meses (agosto e setembro), superando as vendas de 2017. A expectativa do pecuarista Antônio Renato Prata, que fundou o criatório há 56 anos, é repetir esse desempenho no próximo ano. "Como a demanda por touros superiores está bastante aquecida, já iniciamos a seleção dos animais que farão parte da safra 2019, focando aqueles com melhor avaliação genética e com boa caracterização racial. São animais selecionados para terem um alto desempenho dentro da realidade da pecuária brasileira, que é a produção a pasto", explica Pratinha, como é conhecido pelos pecuaristas.

Para aumentar a pressão de seleção, todo o rebanho das raças Brahman e Nelore Mocho da Prata é avaliado na versão completa do Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos (PMGZ). Segundo o técnico da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), Alisson Andrade, que atende o criatório, isso tem permitido formar um plantel de touros provados de grande eficiência reprodutiva. "São animais de excelente caracterização mocha e que apresentam carcaça de qualidade e bom ganho de peso. Outro cuidado que tomamos é em relação às fêmeas. Elas são acasaladas somente com reprodutores provados, melhorando a cada geração os índices de fertilidade e produtividade da fazenda. Já aquelas fêmeas que desmamam bezerros mais leves e têm intervalos entre partos maiores são indicadas para serem descartadas do rebanho", explica o técnico do PMGZ. A Prata participa do programa desde 1982.

Parte da safra de 2019 do criatório que está sendo selecionada já tem destino certo. Cerca de 100 touros Brahman, Nelore mocho e Braford serão ofertados no tradicional Leilão Fazenda Dois Irmãos, que chegará a sua 22ª edição no dia 31 de agosto do próximo ano. Como a Prata tem um grande volume de matrizes, tanto puras quanto para cruzamento industrial, reserva parte de sua safra para o repasse do próprio rebanho. Outra parte dos animais será comercializada dentro da porteira. Como a Prata é um dos mais antigos e raros rebanhos puros de Brahman vermelho no Brasil, a demanda pelos touros do criatório cresce a cada ano. O plantel está concentrado na Fazenda Belo Horizonte, em Paranavaí/SP, enquanto o Brahman branco é selecionado na Fazenda Concórdia, em Narandiba/SP. Já o Nelore mocho é selecionado na Fazenda 2 Irmãos, em Tarabai/SP, e o Braford, na Fazenda Engano, em Porto Murtinho/MS, bem no Pantanal.

Sobre a Prata Agropecuária

Fundada por Antônio Renato Prata há 56 anos, a Prata Agropecuária mantêm propriedades em São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul e seleciona as raças bovinas de corte Brahman, Braford, Brangus e Nelore Mocho, além de atuar na pecuária comercial (cria, recria e engorda). O criatório tem, ainda, cavalos Quarto de Milha, cuja seleção é direcionada para animais de linhagem de trabalho - apartação.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

16 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest