Semáforos em 15 cruzamentos ganham aviso sonoro

Equipamentos serão instalados em terminais, hospitais e igrejas



Semáforos para pedestres que aumentam o tempo de travessia para idosos e pessoas com deficiência estão passando por uma atualização. Novos equipamentos, agora com aviso sonoro, foram implantados em 15 locais de grande movimento da cidade, como nas proximidades de terminais de ônibus, hospitais e igrejas.

Agora as colunas nas quais estão os equipamentos acionados por meio de cartão são identificadas com uma faixa laranja refletiva. “A faixa laranja auxilia pessoas de baixa visão e, também, ajuda para alertar o motorista sobre as travessias naquele ponto, principalmente à noite”, explicou o diretor de Planejamento e Operação da Superintendência de Trânsito (Setran), Pedro Darci da Silva Junior.

Nesses cruzamentos, também está instalado o botão típico que pode ser acionado por qualquer pedestre, além do aparelho específico acionado pelo cartão. “É pelo cartão que o tempo de travessia aumenta, dependendo da largura de cada pista, cerca de 30% a 40% sobre o tempo normal para a passagem de pedestres”, informou Silva Junior.

Ao todo, são 53 equipamentos novos que estão sendo implantados em 15 cruzamentos, que já contavam com um dispositivo anterior. A implantação já foi concluída em 14 desses cruzamentos e o trabalho continua nos próximos dias.

Com a atualização, implantada ao longo das últimas semanas, começou a funcionar o alerta sonoro para a travessia mais segura. Para ativá-lo, a pessoa cega segura o botão por alguns segundos (um tempo maior do que o pedestre costuma apertar) até o aparelho começar a vibrar, mecanismo que ativa o tempo maior para a travessia.

Rhyon Ramos, 11 anos, é deficiente visual e diz que se sente mais confortável com o aviso sonoro na hora de atravessar a rua. “Ele ajuda a gente a controlar o tempo que temos para fazer a travessia com segurança”, disse.

Conseguir calcular melhor o tempo para atravessar é também o ponto destacado por Gilmar do Carmo Moreno, 48 anos, que é cego. “Ainda não tenho o cartão da Urbs, mas pretendo adquirir assim que possível para facilitar”, afirmou.

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest