banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Cristiana Brittes também será denunciada pela morte do jogador

MP entendeu que mulher participou do homicídio de Daniel


Cristiana Brittes será denunciada por homicídio junto de Edison Brittes Júnior, Eduardo da Silva, Ygor King e Willian David da Silva pela morte do jogador Daniel Correa Freitas. A afirmação foi feita pelo promotor do Ministério Público do Paraná (MP-PR), João Nilton Salles, em entrevista ao programa Fantástico. Daniel foi encontrado morto e mutilado, no dia 27 de outubro, perto de uma estrada rural na Colônia Mergulhão, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O crime aconteceu depois da festa de aniversário de Allana Brittes, filha de Cristiana e Edison Brittes. Na quarta-feira (21), Cristiana tinha sido indiciada pelos crimes de fraude processual e coação de testemunhas, mas o promotor do caso decidiu denunciá-la também pelo homicídio do jogador. "Com a análise do inquérito, a conclusão que eu cheguei é que todo esse crime de homicídio jamais teria acontecido da forma como aconteceu sem a atuação determinante da Cristiana", afirmou o promotor em entrevista. A denúncia deve ser apresentada pelo Ministério Público ao longo da semana. Sete pessoas estão presas temporariamente suspeitas de envolvimento no crime.

4 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest