Prefeitura de Curitiba nomeia cinco médicos no lugar dos cubanos

Capital ainda tem quatro cubanos do Mais Médicos


Prefeitura de Curitiba nomeia cinco médicos no lugar dos cubanos

Cinco novos médicos foram nomeados pela Prefeitura de Curitiba nesta sexta-feira (23/11) e passam a fazer parte da rede municipal de saúde. Eles serão direcionados ao atendimento nas unidades básicas de saúde já a partir da próxima segunda-feira (26/11). Os novos profissionais reforçam a rede municipal de saúde e contribuem para suprir a ausência dos quatro médicos cubanos, do Programa Mais Médicos, que poderão atender até o dia (29/11). "É um momento de transição entre a saída dos médicos cubanos e chegada dos novos profissionais, que serão enviados pelo programa Mais Médicos, do governo federal, até o dia 7/12”, explica a secretária municipal da saúde de Curitiba, Márcia Huçulak. Ao todo, somando os cinco novos profissionais, a rede municipal de saúde de Curitiba recebeu 23 novos médicos este ano, nomeados pela Prefeitura de Curitiba. Com isso, Curitiba passou a contar, ao todo, com 633 médicos, sendo 38 do Programa Mais Médicos (quatro destas vagas são ocupadas por médicos cooperados cubanos hoje). Até o dia 7 de dezembro, Curitiba deve receber cinco médicos, por meio do Programa Mais Médicos, do governo federal. “O poder público municipal de Curitiba agiu rápido para garantir que a população não ficasse desassistida, com a saída dos médicos cubanos. Além disso, temos trabalhado, desde o início do ano, na ampliação da equipe médica de Curitiba”, afirma Márcia.

Últimas Notícias