Coro Cênico de Curitiba celebra o samba no Teatro Sesi Portão

Espetáculo reúne 30 integrantes em uma grande festa



O repertório musical de um país tem o poder de retratar a sua história. Pensando nisso, o Coro Cênico de Curitiba propõe uma reflexão sobre o Brasil contemporâneo por meio de canções representativas extraídas das mais variadas vertentes do samba. A proposta é colocada em cena no espetáculo “Pequena memória para um tempo sem memória” – um musical que será apresentado no Teatro do Sesi Portão no dia 20 de novembro, com entrada franca.

Do samba enredo de carnaval ao samba canção de Vinícius de Morais, passando pelo experimentalismo de Tom Zé, até a contemporaneidade de Criolo. O Coro Cênico de Curitiba vai celebrar o samba enquanto reflete sobre o momento histórico pelo qual o Brasil passa na atualidade. Para tanto, a narrativa feminina também está presente, nas composições autobiográficas de Carolina Maria de Jesus e na alegria majestosa de Leci Brandão, entre outras canções.

No enredo do espetáculo, uma escola de samba chamada Unidos do Ar da Graça se prepara para entrar na avenida e inventar um carnaval que una a ludicidade à reflexão crítica. Para promover uma celebração que traga uma dose de consciência, força e esperança ao contexto brasileiro. Para isso, os 30 integrantes do grupo, entre cantoras e cantores, atuam como brincantes de uma grande festa cujo o público é o principal convidado.

SERVIÇO

SESI CULTURA PARANÁ APRESENTA

Coro Cênico de Curitiba

Data: 20 de novembro

Horário: às 19h30 (duração: 1h30)

Classificação: livre

Valor: gratuito

Local: Teatro Sesi Portão

Endereço: Rua Padre Leonardo Nunes, 180 – Portão

Observação: retirar ingresso com 1 hora de antecedência (sujeito a lotação)

25 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest