banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Motoristas e cobradores fazem passeata contra bilhetagem eletrônica

Trabalhadores vão protocolar pedido de retirada de Projeto de Lei



O Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) realizou nesta terça-feira, 13, uma passeata contra o que eles consideram um risco de desemprego de cobradores do sistema. O ato é contra o projeto do Executivo municipal que quer implantar o sistema de bilhetagem nos ônibus do transporte urbano. A caminhada partiu da sede do Sindimoc rumo à Prefeitura de Curitiba. Lá eles entregaram de um pedido formal de retirada do projeto de lei que libera a bilhetagem eletrônica que tramita na Câmara. Com a manifestação, os horários de ônibus e o trânsito na região central e do Centro Cívico poderão ser afetados nesta tarde. No trecho da Rua Mariano Torres o trânsito ficou lento durante a passagem da caminhada que reúne centenas de cobradores e motoristas. O ato, aprovado em assembleia na última quinta-feira, 8, é mais uma das inúmeras ações que o Sindimoc tem feito para barrar na Câmara Municipal o projeto que altera a Lei Municipal nº 10.333/2001 e deixa 6 mil mães e pais de família, trabalhadores do transporte coletivo, desempregados. Também em assembleia, trabalhadores da categoria aprovaram realização de greve geral do transporte coletivo caso a Lei do Desemprego entre em votação na Câmara Municipal. A medida foi enviada ao Legislativo pela Prefeitura, no final de outubro. De lá para cá, trabalhadores iniciaram mobilização e criaram a campanha “Somos Todos Cobradores – Não à Lei do Desemprego”.

28 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest