banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Suspeito de matar o jogador Daniel se apresenta à polícia

Advogado alega que comerciante defendeu mulher do estupro

O suspeito de matar o ex-jogador do Coritiba Daniel Correa de Freitas se apresentou na Delegacia de São José dos Pinhais, na manhã desta quinta-feira. O comerciante Edison Brittes Junior, de 38 anos, a mulher do suspeito, Cris Brittes, e a filha, Allana Brittes, estão presos. De acordo com o advogado Claudio Dalledone, que defende o suspeito, a prisão é temporária. Elas foram detidas para "averiguação", ainda de acordo com o advogado, que também disse que as prisões das duas são temporárias. O corpo de Daniel Corrêa de Freitas foi encontrado no sábado (27), em uma mata perto de uma estrada rural na Colônia Mergulhão, em São José dos Pinhais. O advogado relata que o o crime ocorreu na tentativa de o cliente defender a esposa de uma tentativa de estupro. “Não existe versão, mas uma realidade. A realidade é que este rapaz, de nome Daniel, tentou estuprar a mulher dele”, afirmou. Ainda durante a entrevista, Dalledone fez questão de defender o passado de seu cliente. “É um pai de família, pai de duas meninas, um comerciante de São José dos Pinhais e sem antecedentes criminais”, concluiu.

27 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest