banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Coronel Valdir Copetti é executado a tiros

Corpo foi encontrado com diversas perfurações na cabeça

O tenente-coronel Valdir Copetti Neves, da Polícia Militar do Paraná, foi encontrado morto ontem na região rural de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, de acordo com a Polícia Militar (PM). O corpo estava dentro de um carro, com várias marcas de tiros, na região do Botuquara, um conhecido balneário de lazer da cidade.

O crime aconteceu dentro da propriedade de Copetti, que estava saindo de casa quando foi morto, segundo a polícia. “A cena é chocante. Ele foi pego de surpresa com certeza. Temos poucas informações, mas a perícia está fazendo o levantamento e já desencadeamos diligências para tentar identificar e prender o autor”, disse o tenente-coronel Leonel José Bezerra, que esteve no local do crime.

Em 2009, o Copetti foi condenado a 18 anos e oito meses de reclusão e à perda do cargo pelos crimes de tráfico internacional de armas e formação de quadrilha. Neves havia sido denunciado pelo Ministério Público Federal do Paraná (MPF-PR) por suspeita de formar milícias armadas para proteger fazendeiros contra invasões de terras e foi um dos ouvidos pela CPI do Tráfico de Armas em 2005.

4 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest