Bolsonaro faz exigências para debater com Haddad

Candidato do PSL quer confronto sem interferências externas

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, disse no sábado que concorda em ir a debates com o candidato a presidência Fernando Haddad (PT). No entanto, Bolsonaro fez uma exigêcia: "sem interferência externa”, referindo-se à suposta influência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha de Haddad. Bolsonaro afirmou ainda que em um eventual governo Haddad quem escolheria os ministros seria Lula. “Se for debate só eu e ele (Haddad), sem interferência externa (de Lula), eu topo comparecer. Estou pronto para debater; tem de ser sem participação de terceiros”, disse, em meio a uma gravação de programas eleitoral na casa do empresário Paulo Marinho, no Jardim botânico, bairro da zona sul do Rio.

27 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest