Ratinho Jr defende governo de união para atrair recursos

Governador destacou importância da renovação no Senado

O governador eleito Ratinho Júnior (PSD) afirmou hoje, um dia após sua vitória no primeiro turno, que pretende fazer um governo de união, com o apoio da bancada federal e dos dois novos senadores eleitos, Oriovisto Guimarães (Pode) e Flávio Arns (Rede), para que o Paraná ganhe força política para trazer mais recursos federais para investimentos no Estado.

Ratinho Jr disse que as brigas políticas entre governadores e senadores, nas últimas décadas, foram “uma tragédia para o Estado”, e avaliou que a derrota do senador Roberto Requião (MDB) e do ex-governador Beto Richa (PSDB) na eleição para o Senado mostra que a população está cansada desse tipo de política.

O governador eleito disse que já conversou com a governadora Cida Borghetti e deve se reunir com ela nos próximos dias para montar a equipe de transição. “A parte que mais preocupa é a questão das finanças. Nós sabemos que o Paraná arrecada R$ 59 bilhões, mas gasta R$ 59,5 bilhões. Então existe um déficit ainda. Está equilibrado, mas não tem gordura para gastar”, explicou.

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest