banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Blitze da Semana Nacional do Trânsito flagram 300 motoristas

Falta de documentos obrigatórios representou 50% das multas

Além de ações educativas por toda a cidade, a Semana Nacional de Trânsito em Curitiba, de 18 a 25 de setembro, promoveu blitze conjuntas da Secretaria Municipal da Defesa Social e Trânsito (com agentes de trânsito e guardas municipais), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e da Polícia Rodoviária Federal. Cerca de 300 motoristas curitibanos foram flagrados cometendo algum tipo de infração nas fiscalizações feitas nos bairros Xaxim, CIC, Novo Mundo, Pinheirinho e Cajuru. A principal continua sendo a falta de documentação obrigatória: 50% das multas aplicadas (141 registros) na Semana do Trânsito foram por esse motivo. Além de multa no valor de R$ 293,47, o Código de Trânsito Brasileiro estabelece infração gravíssima (com perda de sete pontos na carteira de habilitação) para as situações nas quais o motorista “conduz o veículo registrado que não esteja devidamente licenciado”, conforme artigo 230, inciso V. Outros 22 condutores - 7,83% dos autuados - estavam dirigindo sem ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou a Permissão Para Dirigir (PPD). Também houve casos de placa falsificada, veículo sem placa, motorista e passageiro sem cinto de segurança, transporte de criança sem observância das normas de segurança, e, até, de motorista que tentou transpor o bloqueio da blitz.

26 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest