banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Livro revê história e protagonismos de Ouro Preto

O jornalista Mauro Werkema lança importante obra que atualiza a pesquisa histórica sobre a cidade de Ouro Preto, analisando-a desde os fins do século XVIII até questões contemporâneas

Uma releitura ampla dos 320 anos de Ouro Preto, com foco nos protagonismos e paradigmas influenciadores da formação cívica, política e cultural da nacionalidade brasileira e do caráter mineiro, é o tema do livro "Ouro Preto na História, protagonismos, paradigmas e revisões", do jornalista Mauro Werkema. O livro revela e atualiza a pesquisa histórica sobre a peculiar e excepcional trajetória de Ouro Preto, desde os primeiros momentos da ocupação do território interior do Brasil-Colônia, nos anos finais do século XVII, a formação e expansão de Vila Rica, rebeldias e conflitos da sociedade nascente, o traço libertário, o barroco como estilo de vida e de arte, o surto artístico e cultural do Século XVIII e a construção do seu patrimônio cultural, até as questões contemporâneas e as revisões historiográficas que estão ocorrendo.

Protagonista de fatos marcantes na História do Brasil, na Colônia, no Império e na República, precursora do sentimento nativista nacional, Ouro Preto teve papel e influência na Independência e na campanha republicana, sediou os debates pela mudança da capital. Sua tricentenária história é marcada por períodos alternados de expansão e decadência e por ciclos de espoliação econômica, do ouro ao minério de ferro, que ainda hoje assinalam a História de Minas Gerais.

Cidade de mártires, como Tiradentes e os inconfidentes, e de poetas, como Tomas Antônio Gonzaga e Cláudio Manoel da Costa, e também de artistas, como Aleijadinho e toda uma escola de escultores, entalhadores e arquitetos, Ouro Preto é "berço de civilização talvez a mais alta do continente americano no século", no dizer de Afonso Arinos. Destino turístico internacional, tombada pelo IPHAN em 1938 pela exemplaridade de sua história e acervos patrimoniais e artísticos, inscrita na lista do "Patrimônio Cultural da Humanidade" (Unesco/1980), com seu conjunto urbano ainda bastante preservado, exemplar da arquitetura luso-brasileira setecentista.

Em suas 304 páginas, com apresentação do historiador Amilcar Viana Martins Filho e muitas ilustrações, publicação da Editora Graphar, o livro permite uma leitura ampla e atualizadora da tricentenária cidade e sua inserção na formação mineira, com uma síntese de revisões propiciadas pela evolução recente da pesquisa histórica, ora valorizando aspectos da História Social ora questionando figuras e interpretações e versões que a historiografia mais antiga já consagrou. Como disse o historiador Amilcar Vianna Filho "O livro de Mauro Werkema é uma grande contribuição para o estudo da nossa história e, sobretudo, um apaixonado hino de amor a Ouro Preto".

Serviço: Título: Ouro Preto na História: Protagonismos, paradigmas, revisões Número de páginas: 304 Formato: 21x28 cm Preço promocional: R$ 50,00 Site: www.ouropretocultural.com.br Contato: LEGraphar- Angélica Gonçalves E-mail: legraphar@gmail.com Telefones: 31 3552 3144

24 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest