Polícia Federal faz operação contra contrabando de cigarro

Prisões estão sendo realizadas no Paraná e em quatro estados

A Polícia Federal (PF) deflagrou neste sábado (22) operação com objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada no contrabando de cigarro do Paraguai. Batizada de Nepsis, a ação ocorre simultaneamente em cinco estados: Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro e Alagoas. Mais de 280 policiais federais participam da operação para o cumprimento de 43 mandados de prisão, 12 suspensões de exercício de atividade policial e 43 mandados de busca e apreensão. Entre os presos, estão os “gerentes” da organização criminosa e também policiais de Mato Grosso do Sul. De acordo com a PF, a organização formou um consórcio de grandes contrabandistas, com a criação de uma sofisticada rede de escoamento de cigarros contrabandeados pela fronteira de Mato Grosso do Sul. A estrutura usava um sistema logístico com características empresariais, com a participação de pessoas exercendo funções de “gerentes”, batedores, olheiros e motoristas. Estima-se que em 2017, os envolvidos tenham sido responsáveis pelo contrabando de pelo menos 1.200 carretas carregadas com cigarros para as regiões sudeste, centro-oeste e nordeste, totalizando mais de R$ 1,5 bilhão.

31 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest