Prefeitura de Curitiba terá painéis solares para economizar energia

Estimativa é que economia seja de R$ 220 mil por ano

Prefeitura de Curitiba terá painéis solares para economizar energia

A cobertura da sede da Prefeitura de Curitiba, o Palácio 29 de Março, vai ganhar um reforço para a geração de energia limpa com a instalação de painéis fotovoltaicos. A ação faz parte de um projeto de eficiência energética inscrito e contemplado em chamada pública da Copel Distribuição. A economia estimada com a troca da iluminação antiga por tecnologia LED e o uso da energia solar é de cerca de R$ 220 mil ao ano. Será o primeiro prédio público a ter eficiência energética e energia gratuita, um sonho antigo do prefeito Rafael Greca, conforme ele mesmo anunciou em reunião com o presidente da Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel), Jonel Nazareno Iurk, no início do mês de agosto. “Um dia sem sol em Curitiba é um dia com mais sol que na Alemanha, que é um país campeão no aproveitamento da luz solar. Vamos celebrar assim os 50 anos do Palácio 29 de Março”, disse Greca. “Já começamos a preparar o Palácio 29 de Março, no Centro Cívico, para ser nosso primeiro prédio público movido à energia solar, nos moldes do que o Papa Francisco fez no Vaticano, do que o Barack Obama fez na Casa Branca e que a Angela Merkel fez no Reichstag”, completou o prefeito. O projeto prevê um sistema on-line de monitoramento em tempo real e que vai poder ser acessado por qualquer contribuinte conectado à internet, além de uma capacitação em eficiência energética aos servidores do Palácio 29 de Março, sobre a importância do uso racional da energia. Com o uso de energia limpa, 128,81 toneladas de CO2 serão neutralizados por ano e a capacidade de geração de energia deve der de 144 kWh.

Últimas Notícias