banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

População de estrangeiros triplica em dez anos em Curitiba

Maior parte dos imigrantes está trabalhando no setor de serviços

A população de estrangeiros em Curitiba vem crescendo nos últimos anos e a Prefeitura reforçou o atendimento a essa população. Dados do Ministério do Trabalho mostram que somente na capital o número de trabalhadores estrangeiros no mercado de trabalho formal mais que triplicou em dez anos – passou de 1.059 para 3.464 entre 2007 e 2016 (último dado disponível). De acordo com o levantamento, desse total, 1.911 estavam no setor de serviços, seguido pelo comércio (765), indústria (463) e construção civil (313). Quase 40% dessa população era formada por haitianos, mas há também argentinos, paraguaios e portugueses, chilenos e venezuelanos que vêm para a cidade em busca de uma vida melhor. Com esse aumento, a Prefeitura de Curitiba vem adotando políticas para essa população, desde acolhimento e orientação, até a intermediação de mão de obra, confecção de carteira de trabalho e capacitação de mão obra. “Curitiba, pelo desenvolvimento econômico e pelo planejamento urbano é uma cidade que sempre atraiu muitos estrangeiros. Além dos haitianos, houve uma quantidade expressiva de estrangeiros de países desenvolvidos que vieram para a cidade para trabalhar em empresas aqui”, disse Julio Suzuki Júnior, diretor presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes). “Agora, o que vemos é uma nova leva de estrangeiros, puxada pelos venezuelanos”, concluiu Júnior.

1 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest