banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Educadoras são condenadas a 20 anos por tortura contra crianças

Caso ocorreu em creche no interior do Paraná

Duas educadoras foram condenadas a 20 anos de prisão pela prática de tortura contra crianças em uma creche de Rondon, no Noroeste do Paraná. A sentença fixou que o início da pena seja cumprido em regime fechado. A ação penal foi apresentada em novembro do ano passado pela Promotoria de Justiça de Cidade Gaúcha, responsável pela comarca. Segundo denúncia do Ministério Público, as duas educadoras, que estavam em estágio probatório em um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) do município, submeteram diversas crianças a intenso sofrimento físico e psicológico como forma de aplicação de castigos, agredindo-as física e psicologicamente, com empurrões, puxões de cabelo e de orelha, apertões e outras condutas semelhantes. As agressões foram filmadas. Já à época da denúncia, as mulheres foram afastadas do cargo pela Prefeitura Municipal de Rondon. A sentença criminal também decretou a perda dos cargos públicos das duas educadoras. A decisão está sujeita a recurso.

26 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest