MP-PR denuncia marido de Tatiane Spitzner por feminicídio

Advogada foi encontrada morta depois de cair do 4º andar

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) denunciou o biológo Luís Felipe Mainvailer, de 32 anos, pela morte da advogada Tatiane Spitzner por homicídio qualificado - meio cruel, dificultar defesa da vítima, motivo torpe e feminicídio. Na denúncia, o MP-PR pediu a manutenção da prisão preventiva dele. "Após a conclusão do presente feito investigatório, angariaram-se mais elementos que demonstram a necessidade da custódia cautelar do acusado, considerando que este denotou um comportamento extremamente agressivo e perigoso (...)", justificaram os promotores. Tatiane foi encontrada morta depois de cair do 4º andar do prédio onde eles moravam, em Guarapuava, na região central do estado. A perícia feita no local da morte constatou que ela teve uma fratura no pescoço, característica de quem sofreu esganadura.

29 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest