Beto e Fernanda Richa são condenados por gastar dinheiro público em viagem

Condenação em segunda instância ainda não deixou ex-governador inelegível

Beto e Fernanda Richa são condenados por gastar dinheiro público em viagem

O ex-governador Beto Richa (PSDB) e Fernanda Richa, ex-secretária de Desenvolvimento Social do Paraná, tiveram condenação confirmada no Tribunal de Justiça do Paraná (TJ) por uso dinheiro público em viagem não-oficial a Paris, em 2015. A relatora do caso, desembargadora Astrid Maranhão, votou pela manutenção integral da sentença do juiz Roger Vinicius Pires de Camargo Oliveira, da 3ª Vara da Fazenda Pública. A maioria seguiu o entendimento da relatora e votou pela condenação de Richa em segunda instância. Os desembargadores não se pronunciaram sobre o eventual crime contra o patrimônio público, o que poderia impedir a candidatura de Richa ao Senado por se tratar de crime tipificado na Lei de Ficha Limpa. Foi mantida a condenação em primeiro grau que obriga o casal a devolver o dinheiro público.

Últimas Notícias