Decisão de Osmar deixa quadro eleitoral em suspense

Especulações dão conta que pedetista poderia desistir da disputa

Decisão de Osmar deixa quadro eleitoral em suspense

Uma eventual desistência da candidatura de Osmar Dias (PDT) ao governo do Estado deixou o cenário político paranaense em suspense nesta quinta-feira. A hipótese foi especulada por diversos meios de comunicação e por vários políticos. No entanto, a assessoria do ex-senador garantiu que ele vai permanecer na disputa e que sua candidatura deve ser mesmo confirmada na convenção do partido marcada para o próximo sábado.

Osmar estaria enfrentando uma série de dificuldades para levar sua campanha adiante. Além da falta de recursos financeiros, algumas alianças acabaram não se confirmando, o que deixaria o pedetista com menos aliados no Estado.

Foi o caso do MDB, que deve lançar candidatura própria nesta sexta-feira, depois de muito tempo de negociação e sem um acordo final com Osmar. Outro problema foi o fato de o PSC lançar o candidato a vice na chapa do irmão Álvaro Dias para a candidatura à Presidência da República. O PSC é aliado do também candidato ao governo Ratinho Junior (PSD), o que aproximaria mais os grupos de Ratinho e Álvaro.

Últimas Notícias