banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Goleiro do Atlético é punido por uso de celular em campo

Santos participou de ação contra acidentes de trânsito

A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu o goleiro Santos, do Atlético-PR, nesta quinta-feira, por ter mexido no celular antes do duelo com o Atlético-MG, pelo Brasileirão. Em novo julgamento, o Pleno reformou a decisão e aplicou a suspensão de uma partida ao jogador. Com isso, ele está fora do jogo contra o Vitória, no próximo domingo, na Arena da Baixada, pelo Campeonato Brasileiro. A decisão não cabe recurso. Além da punição ao goleiro, os auditores aplicaram, por maioria dos votos, uma multa de R$ 50 mil ao Atlético-PR. Com a suspensão de Santos, a opção do técnico interino Tiago Nunes contra o Rubro-Negro baiano é Felipe Alves. Absolvido em um primeiro momento, Santos corria o risco de pegar uma suspensão de até seis partidas por "assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código" (artigo 258). O Atlético-PR explicou um dia após a partida e no primeiro julgamento que o goleiro com o celular fazia parte de uma campanha . O objetivo era conscientizar sobre o risco de usar o celular no trânsito. A Procuradoria do STJD, porém, recorreu e conseguiu o novo julgamento.

1 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest