banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Embaixadora da Nicarágua é convocada para explicar morte de brasileira

Estudante de Medicina tem carro alvejado por tiros e morre

A embaixadora da Nicarágua no Brasil, Lorena Martínez, foi convocada nesta terça-feira (24) a dar explicações ao Ministério das Relações Exteriores sobre a morte da estudante brasileira Raynéia Gabrielle Lima. Brasileira que estudava medicina na Nicarágua, Raynéia foi morta na segunda-feira (23) após ter sido atingida por tiros disparados por "um grupo de paramilitares", conforme informou Ernesto Medina, reitor da Universidade Americana em Manágua (UAM). A morte ocorreu em meio à crise social e política que passa o país, com manifestações contra o presidente Daniel Ortega, no poder desde 2007 e alvo de acusações de abuso e corrupção. De acordo com a Associação Nicaraguense de Direitos Humanos, mais de 350 pessoas já morreram, entre elas, muitos estudantes. Nesta terça, a Polícia Nacional negou a versão do reitor e afirmou que um vigilante realizou os disparos.

4 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest