Cavalos usados na produção de soro de aranha-marrom são recuperados

Animais estavam abandonados em matagal em Pinhais

Dois cavalos roubados do Centro de Pesquisa e Produção de Imunobiológicos (CPPI) da Seretaria de Saúde foram recuperados na sexta-feira (20). Os animais estavam amarrados em uma área de matagal no bairro Veisópolis, em Pinhais. Segundo o veterinário do CPPI, João Minozzo, o estado de saúde dos cavalos é bom, apesar de algumas arranhaduras. No CPPI, em Piraquara, os cavalos são utilizados no processo de produção de soro contra o veneno da aranha-marrom. O centro de pesquisa vinculado à Secretaria de Saúde do Paraná tem 72 animais. A partir do plasma do sangue desses dois cavalos que haviam sido roubados o estado produz 1,2 mil ampolas de soro por ano, quantidade suficiente para atender 120 pacientes. Segundo informações da Secretaria de Saúde, o resgate aconteceu com o apoio do Regimento de Cavalaria da Polícia Militar do Paraná, que providenciou um veículo para transporte dos animais ao centro de pesquisa.

30 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest