banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

MP denuncia 14 pessoas por fraude na licitação do ônibus de Curitiba

Grupo empresarial se dividiu nos consórcios para monopolizar o setor

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) denunciou, nesta sexta-feira (13), 14 pessoas investigadas por fraude na licitação do transporte coletivo de Curitiba. A denúncia é um desdobramento da Operação Riquixá, que investiga um suposto esquema de fraudes em licitações de várias cidades do estado.

De acordo com o MP-PR, a maior parte dos denunciados é ligada a um grupo empresarial que se dividiu para ocupar majoritariamente os três consórcios que disputaram e venceram a concorrência pública em 2009. Também são citadas três pessoas que ocupavam altos cargos na Urbs à época (presidente, diretor de Transporte e diretor da área de Operação do Transporte Coletivo) e um advogado que fazia parte do núcleo técnico da organização criminosa, já denunciado no âmbito da Riquixá.

Na denúncia, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) o Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria) de Guarapuava apontam que os réus praticaram os crimes de associação criminosa, fraude à licitação e falsidade ideológica.

Deflagrada em junho de 2016, a Operação Riquixá investiga organização criminosa que fraudava licitações de transporte coletivo em várias regiões do país. Os réus denunciados nos diversos feitos da Operação Riquixá são ligados a um escritório de advocacia, além de sócios de três empresas de engenharia, que utilizavam seus conhecimentos técnicos para dissimular o direcionamento das concorrências e empresários do ramo de transporte coletivo, além dos agentes públicos de diferentes Municípios que franquearam ao grupo criminoso a possibilidade das práticas criminosas.

Por decisão do Tribunal de Justiça do Paraná, como a investigação partiu de Guarapuava, ainda que envolvam irregularidades praticadas em outras cidades, os processos tramitam na 1ª Vara Criminal de Guarapuava.

30 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest