Paraná é o sétimo estado em acidentes com fogos de artifício

Casos se multiplicam no período da Copa do Mundo

O Paraná é o sétimo estado brasileiro com maior número de internações causadas por acidentes com fogos de artifício. O dado consta do levantamento feito pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), em parceria com as Sociedades Brasileiras de Cirurgia de Mão (SBCM) e de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), divulgado em junho.

A pesquisa analisou as informações do Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH/SUS) dos últimos 10 anos. Segundo o estudo, entre 2008 e 2017, o Paraná registrou 179 internamentos causados por fogos de artifício, ficando na sétima posição entre os estados brasileiros. Em todo o país, foram 5.063 no período.

Como alerta o secretário de Estado da Saúde, Antônio Carlos Nardi, diz que a preocupação é que o número de acidentes aumente devido ao período de festas juninas e julinas e também da Copa do Mundo de Futebol. “Sabemos que a maioria dos acidentes com fogos acontece durante festas e comemorações. Queremos alertar a população para que tome todos os cuidados possíveis para evitar problemas. Usar fogos de artifício exige responsabilidade”, diz o secretário.

24 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest