banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Arábia vence Egito no confronto de eliminados

Mesmo sem valer classificação, jogo foi movimentado

Quem compareceu a Arena Volgogrado nesta segunda-feira para acompanhar o duelo entre Arábia Saudita e Egito tinha, possivelmente, a expectativa baixa diante do cenário que se apresentava. Com ambas as seleções eliminadas, o clima de abatimento que se evidenciava no início do jogo durou pouco. Depois que Salah abriu o placar, o VAR se tornou decisivo para marcar dois pênaltis. Apenas na segunda chance, Al-Faraj converteu e empatou. No último minuto Al-Dawsari virou o jogo para 2 a 1 e deu a primeira vitória a sua seleção na Copa do Mundo 2018.

Nem mesmo a partida histórica do goleiro El-Hadary adiantou para os egípcios. O arqueiro, que se tornou o jogador mais velho a disputar uma partida de Copa, apareceu de forma expressiva para defender um dos dois pênaltis. Entretanto, não conseguiu evitar o revés.

Os primeiros 45 minutos saíram muito melhores e mais emocionantes do que se era esperado, ainda mais pelos primeiros minutos. Visivelmente abatidos pela eliminação, as duas seleções começaram o jogo sem mostrar agressividade e ímpeto ofensivo. Quem conta com um jogador como Salah, porém, precisa de apenas uma chance para se ver na frente do placar. Aos 21 minutos, o Faraó foi lançado e tocou por cobertura para abrir o placar.

No decorrer da primeira etapa, o árbitro Wilmar Roldan ganhou destaque pelos dois pênaltis marcados em sequência para a Arábia Saudita. No primeiro, Essam El-Hadary fez ainda mais história ao, além de se tornar o jogador mais velho a disputar uma partida de Copa do Mundo, defender uma penalidade. Na segunda chance, entretanto, o arqueiro nada pôde fazer e Al-Faraj deixou tudo igual.

2 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest