Empresa fabricava cosméticos falsos em Assis Chateaubriand

Suspeitos foram ouvidos pela polícia e liberados

A Polícia Civil de Assis Chateaubriand, Oeste do Paraná, deflagrou uma operação no início do mês de junho que culminou no fechamento de duas sedes de uma empresa que fabricava e vendia cosméticos falsificados. De acordo com informações, a polícia já havia recebido a denúncia e, depois de investigações os policiais chegaram até os dois locais. Um deles localizado no Jardim Europa e outro no Jardim América.

“Há aproximadamente um mês recebemos uma denúncia de que uma empresa do município estaria fabricando e falsificando produtos cosméticos. Após levantamento, levando em consideração o valor de mercado, os produtos apreendidos totalizaram cerca de R$ 1,3 milhão”, revela o delegado-titular da delegacia de Assis Chateaubriand, Thiago da Silva Teixeira.

Os proprietários, dois irmãos, fugiram e se apresentaram posteriormente na delegacia e foram ouvidos. No depoimento, eles confirmaram a prática e devem responder pelo crime de falsificação de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais, conforme artigo 273, do Código Penal.

“A empresa não tinha licença da vigilância sanitária para fabricar nenhum tipo de produto, apenas para armazenar e distribuí-los, porém os proprietários passaram a fabricar e envasar os cosméticos, falsificando o rótulo, como se empresas do município de Londrina, do Estado de São Paulo e Santa Catarina tivessem sido os responsáveis pela fabricação”, disse o delegado.

26 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest