banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Dilma é barrada em tentativa de visita a Lula

Ex-presidente esteve em Curitiba para reunião da Executiva do PT

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) comparou, nesta segunda-feira (23), a custódia de Lula ao regime prisional na ditadura militar. "Eu tenho uma certa experiência com estar presa. Mesmo durante a ditadura, havia a possibilidade de receber parentes, amigos e advogados", disse a jornalistas, em frente à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

Dilma tentou visitar o ex-presidente Lula, preso na PF desde o dia 7 de abril, mas foi barrada pela juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena do petista.

"A própria ditadura tentou cobrir de legalidade os processos nos quais éramos condenados. E nunca deixamos de ter condições de recursos", afirmou Dilma.

A juíza indeferiu todos os pedidos de visita a Lula e uma diligência na cela do petista, solicitada por deputados federais. Ela afirma que o regime de visitas deve atentar-se à segurança e à disciplina do estabelecimento, e que Lula já tem seus direitos garantidos ao receber visitas semanais da família e dos advogados.

5 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest