Lula encerra caravana com comício emocionado em Curitiba

Ex-presidente falou para milhares de pessoas em praça lotada

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encerrou a sua Caravana pelo Sul com um comício em Curitiba na noite desta quarta-feira. Mesmo com a forte chuva que caiu no fim da tarde, as pessoas lotaram a Praça Santos Andrade para participar da manifestação. Em seu discurso, Lula criticou a violência dos adversários ao fazer referência aos tiros disparados contra os ônibus de seu comboio no interior do Paraná.

“Eu achei que quando chegasse ao Paraná seria tranquilo. Em São Miguel do Iguaçu, eles jogaram pedras e ovos no palanque, onde tinha mulher com criança de colo. Sorte que não acertaram nenhuma. Depois fomos em Foz do Iguaçu, lá tacaram pedra. Fomos para Quedas do Iguaçu até que em Laranjeiras aconteceu os tiros. Tem que responsabilizar", disse.

Além de Lula, participaram do ato a ex-presidente Dilma Roussef e os pré-candidatos à Presidência Manuela DÁvila (PCdoB) e Guilherme Boulos (PSol), que discursaram em favor de Lula e da democracia.

O ex-presidente também fez duras críticas à imprensa e à série “O Mecanismo”, da Netflix, dirigida por José Padilha. “Temos mais de 500 capas de jornais falando mal de mim. O que não se conformam é que quanto mais falam mal de mim, mais eu cresço nas pesquisas. Alguns ontem defenderam os ataques à caravana. E a imprensa estrangeira atacou os fascistas. Aí hoje todo mundo mudou de opinião”.

Sobre a sua condenação pela Justiça Federal, na Operação Lava Jato, Lula afirma que quer o mérito da questão seja julgado logo pelo Supremo Tribunal Federal (STF). “Eu não tenho nada contra a Lava Jato. Eu tenho contra a mentira. Eu não quero morrer sem ver o William Bonner começar o Jornal Nacional pedindo desculpas a mim e a minha família”.

Quase confronto

A Polícia Militar conseguiu evitar um possível confronto entre simpatizantes de Lula e de Bolsonaro no centro de Curitiba. Um grupo de apoiadores do pré-candidato pelo PSL saiu do Parque Barigui e concentrou-se na Praça 19 de Dezembro, a pouco mais de 200 metros onde Lula dava o comício.

Alguns “bolsonaristas” tentaram chegar ao local do evento do PT, mas a Polícia Militar fez o isolamento e impediu que os dois grupos se encontrassem.

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest