banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Vereadores votam mais acessibilidade nos bancos de Curitiba

Pessoas com problemas de locomoção deverão ser atendidas no térreo

Três projetos de lei serão votados em primeiro turno pela Câmara Municipal na próxima terça-feira (20). O destaque é o que prevê que os bancos de Curitiba atendam pessoas com deficiência, idosos, gestantes, obesos e pessoas com crianças de colo, exclusivamente no piso térreo, de iniciativa de Osias Moraes (PRB).

Conforme o texto, o atendimento exclusivo no térreo para pessoas com baixa mobilidade será obrigatório apenas quando a agência bancária não contar com elevador (005.00239.2017). “A acessibilidade requer medidas imediatas. Sem ela, tarefas como passear, pagar uma conta, utilizar um serviço público, ficam difíceis. Se já são difíceis para quem não possui mobilidade reduzida ou deficiência, para quem possui, [a falta de acessibilidade] é um fator de exclusão”, justifica o vereador.

Moraes esclarece que leis como a federal 10.048/2000 – que prioriza o atendimento às pessoas com mobilidade reduzida –, por exemplo, não são específicas aos bancos, mas a todos os ambientes. “Como princípio básico de igualdade, consideração e respeito, visto que muitas agências não possuem elevador, limitando a locomoção, causando desconforto, constrangimento e aumento de acidentes, o projeto de lei irá garantir os direitos e a segurança para milhares de pessoas em nosso município”.

29 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest