Renovação da habilitação exigirá curso e prova teórica

Mudanças determinas pelo Contran passam a valer a partir de junho

Os motoristas que precisarem renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) a partir de junho deste ano terão que fazer um curso teórico e uma prova, além do exame médico que já era obrigatório. CNH para moto e 'cinquentinha' terá aulas e exames nas ruas

A mudança na lei foi publicada na última semana por meio de uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que redefiniu a formação de condutores no país. Quem renovar a CNH das categorias A e B até 5 de junho terá que fazer apenas o exame médico.

O curso deve ser feito ao renovar a CNH (a cada 5 anos); tem duração de 10 horas/aula (máximo de 5 horas/aula por dia); pode ser feito de forma presencial ou à distância; prova teórica com 30 questões de múltipla escolha; motorista deve ter 100% de frequência no curso e 70% de acertos no exame.

Estão dispensados deste curso apenas os motoristas que realizam atividades remuneradas em veículos, como transporte de carga e passageiros. Mas estes profissionais também passarão por outro curso específico, de maior duração, a cada 5 anos.

Para Marcos Traad, diretor do Detran-PR, o tempo é curto para as adaptações, que também são questionáveis. "Como a gente avalia se um curso de 10 horas tem impacto real na redução dos acidentes e mortalidade no trânsito?"

Últimas Notícias