banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Advogada é presa com bonecas de coleção

Ela foi flagrada ao tentar vender pela internet

Uma advogada, de 42 anos, foi presa em flagrante, no bairro Juvevê, na segunda-feira (05/03), suspeita de receptar bonecas de coleção. A ação foi realizada pelo 13° Distrito Policial (13°DP), após a vítima localizar os bens em um site de compra/venda da internet.

O crime acorreu em uma residência no bairro Campo de Santana, em Curitiba, no último dia 12 de fevereiro. Ao chegar de viagem a vítima percebeu que sua casa tinha sido arrombada e os criminosos haviam furtado diversos objetos do local.

Ainda de acordo com a vítima, os suspeitos levaram uma TV 29, cobertores, panelas elétricas, processador, as 32 bonecas de coleção, um kit salão de beleza (da boneca), além de outros objetos.

“A vítima localizou as bonecas sendo ofertadas na internet e entrou em contato com a suspeita, sem saber, e com a ajuda dos policiais civis, nossa equipe prendeu a advogada em flagrante”, falou o delegado responsável pela investigação, Gerson Machado.

Seguindo as diligências, os investigadores foram até a sede da loja virtual, onde encontraram as bonecas furtadas. No local, a advogada, alegou ter comprado os objetos em uma feira e que não tinha as notas fiscais dos objetos.

Ela foi encaminhada a delegacia e autuada em flagrante pelo crime de receptação e por posse ilegal de arma de fogo, já que no local foram encontradas duas garruchas. Se condenada, poderá pegar até oito anos de reclusão.

1 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest