MP-PR recorre da sentença e pede aumento da pena para Carli

Ex-deputado foi condenado a 9 anos e 4 meses pela morte de dois jovens

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) anunciou que entrou com um recurso na Justiça pedindo aumento de pena de Luiz Fernando Ribas Carli Filho. O ex-deputado foi condenado no Tribunal do Júri de Curitiba a 9 anos e 4 meses de prisão por duplo homicídio com dolo eventual pelas mortes, em 2009, de Gilmar Rafael Souza Yared e Carlos Murilo de Almeida.

“O MP-PR manifestou à Justiça que recorrerá para aumentar a pena aplicada ao ex-deputado por entender que, embora a sentença tenha sido bem fundamentada, desconsiderou graves circunstâncias que se prestariam ao aumento da condenação, entre outras questões”, diz o órgão.

De acordo com o MP-PR, a Justiça deve agora analisar se receberá ou não o recurso interposto e, em caso positivo, remeter os autos para que a Promotoria de Justiça de Crimes Dolosos Contra a Vida apresente, em até 8 dias, as razões e argumentos para a revisão da pena.

No momento, Carli Filho segue em liberdade até que o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) julgue todos os recursos. Caso a pena seja confirmada, o ex-deputado será imediatamente colocado em custódia. A defesa já anunciou que também irá recorrer da decisão, mas não informou qual deve ser o caminho escolhido.

24 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest