Chuva em Curitiba deixa 200 pessoas desalojadas

Região Sul da cidade teve o maior número de afetados

A chuva de sábado à noite em Curitiba deixou 200 pessoas desalojadas, segundo boletim da Defesa Civil do município divulgado na manhã deste domingo (4). Outras 150 pessoas estão abrigadas na Escola Otto Bracaense, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Ainda de acordo com o levantamento, 300 residências foram prejudicadas - a maioria na zona sul, em bairros como Cidade Industrial de Curitiba (CIC), Fazendinha e Portão.

Ao todo, 1.500 pessoas foram afetadas pela chuva na capital paranaense. No bairro Portão, a chuva invadiu o estacionamento do Shopping Palladium. A Linha Verde foi tomada pela água, do Hauer ao Pinheirinho.

De acordo com o boletim da Defesa Civil, a Central de Operação da Guarda Municipal atendeu 23 ocorrências de alagamentos por toda a cidade, até as 21 horas.

As regionais com o maior número de ocorrência foram Tatuquara, CIC, Portão, Bairro Novo. Na regional Tatuquara, três famílias tiveram as casas destelhadas e precisaram ser alojadas em moradias de parentes.

Na regional CIC, foram registradas situações de alagamentos nas vilas Barigui, Luana, Sabará, Vila Verde e Itatiaia. No Portão, na Unidade de Saúde Parolin, parte do telhado desabou. No bairro CIC, houve a queda do muro da Escola Municipal Professor Dario Veloso. Na Regional Boa Vista, uma comunidade terapêutica para idosos alagou e os idosos foram remanejados pela Secretaria Municipal da Saúde.

O instituto Somar Meterologia afirma que choveu 84,6 milímetros entre sábado e este domingo, o que equivale a 60% do que é esperado para o mês de março inteiro, com base na média histórica.

Últimas Notícias