Um preço alto a ser pago por aplausos que não duram muito tempo

Como é comum em histórias sobre atletas, há um contraste entre a vida pessoal e a vida pública, profissional

“O Invencível” - (Champion) — EUA, 1949

Champion (O Invencível) é um Americano de 1949, do gênero drama, dirigido por Mark Robson e estrelado por Kirk Douglas e Marilyn Maxwell.

Baseado em um conto de Ring Lardner e com roteiro de Carl Foreman (vencedor do Oscar na categoria por A Ponte do Rio Kwai, em 1957, e tendo aqui a sua primeira indicação ao prêmio), O Invencível (1949) é um retrato cruel de como desequilíbrios emocionais aliados a sonhos de grandeza e orgulho desmedido podem ser a ruína de uma pessoa.

Um resumo – Após comprarem, com dificuldade, parte de um restaurante em Los Angeles, dois jovens, Midge e Connie Kelly, saem de Chicago para assumirem a parte que lhes cabe no negócio. Sem dinheiro, pegam carona até Kansas City, no carro do lutador de boxe, Johnny Dunne, que viaja em companhia de sua amante, Grace Diamond.

Ao chegarem na cidade de Kansas City, onde Dunne iria lutar naquela noite, Midge e Connie tentam trabalhar como garçons no Ginásio, onde acontece a luta, mas acabam se metendo numa briga e quebrando seis caixas de refrigerantes.

Sem dinheiro, são levados à presença do responsável pelo Ginásio que, estando com problemas para encontrar um substituto para um lutador machucado, que deveria se apresentar na luta preliminar, dispensa o prejuízo e ainda oferece US$ 35 para que Midge suba ao ringue.

Sem qualquer técnica, Midge perde a luta, mas é procurado por Tommy Haley, um empresário que vê nele um futuro campeão, pela valentia demonstrada. Ao receber uma proposta de Tommy, ele agradece mas só fica com um cartão de visitas do empresário.

Ao chegarem a Los Angeles, procuram o restaurante onde descobrem que foram enganados por um ex-funcionário demitido por roubo. De qualquer forma, o proprietário, Lew Bryce, lhes oferece cama, comida e US$ 100 por mês para trabalharem lá. Pouco tempo depois, Midge e Emma, filha de Lew, estão namorando. Quando este descobre que a filha e Midge estão saindo escondidos, os obriga a se casarem. Terminada a cerimônia, Midge larga a noiva e vai embora com o irmão.

Eles vão até o Ginásio, onde Tommy Haley se torna empresário de Midge. Depois de um período de treinamento, ele começa a enfrentar uma série de adversários, derrotando todos. Num determinado momento, Tommy lhe informa que, vencendo a próxima luta, estará em condições de enfrentar Johnny Dunne, o 1º do ranking.

Ao chegar à Nova York, para a grande luta, Midge é informado que terá que perder para Johnny, que espera pelo título há anos, sob pena do mercado se fechar para ele. Pressionado, ele concorda, mas ao chegar ao ringue, esquece o compromisso e nocauteia Johnny logo no 1º round. Antes de deixar o Ginásio, entretanto, é atacado por um grupo de apostadores.

Já em casa, recebe um telefonema de Grace e vai ao seu encontro. Em conluio com Jerry Harris, empresário de Johnny, ela convence Midge a ter Harris como seu empresário e a largar Tommy. Segundo ela, somente Harris poderá fazer com que ele ganhe muito dinheiro, que precisará para manter uma mulher cara como ela.

Quando Midge se livra de Tommy, Connie briga com o irmão, procura Emma e a convida para ir morar em Chicago, na casa de sua mãe, uma senhora idosa e doente.

Em Nova York, Midge ganha mais uma luta e se torna Campeão dos pesos médios. Ao sair do Ginásio, é apresentado a Palmer Harris, mulher de seu novo empresário. Esta logo se mostra interessada nele. À noite, Midge vai a uma solenidade, onde recebe o Prêmio de Atleta do Ano.

Em Chicago, Emma e Connie descobrem que se amam. Em Nova York, Palmer quer se separar de Harris para ficar com Midge. Aceita se afastar da mulher do empresário, quando ele lhe oferece toda sua participação na renda da luta que o pugilista vai travar contra Johnny, além de perdoar uma grande dívida da qual é credor.

Para enfrentar Johnny, Midge procura seu antigo empresário, Tommy Haley. Antes de iniciar os treinamentos, ele vai à Chicago ver a mãe que está morrendo. Infelizmente, chega tarde demais. Na oportunidade, Emma diz que vai querer o divórcio para poder se casar com Connie.

O dia da luta contra Johnny chega finalmente. Todos estão presentes, inclusive Emma e Connie. Os primeiros rounds são totalmente favoráveis a Midge. Entretanto, a partir do 7º round, Johnny começa a massacrá-lo, a ponto de deixá-lo com um olho totalmente fechado. Quando todos esperam Midge ser nocauteado a qualquer instante, este, depois de olhar fixamente para Grace, que está na plateia, vai ao encontro vorazmente de Johnny e o nocauteia.

Muito ovacionado, deixa o ringue e, ao chegar ao vestiário, morre de um derrame cerebral.

19 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest