Prefeitura de Curitiba anuncia novo Ligeirão Norte-Sul

Linha deve transportar 36 mil passageiros por dia

Uma solução de transporte que Curitiba espera há quatro anos finalmente vai sair do papel. O Ligeirão Norte-Sul, em sua primeira etapa de funcionamento, deverá transportar 36 mil passageiros por dia com ganho de tempo na ligação entre o Terminal Santa Cândida e a estação Bento Viana, no Batel.

Além do tempo para cobrir o trajeto ser reduzido pela metade, o Ligeirão resultará em outros benefícios imediatos, como maior conforto aos usuários, reforço na integração com outras linhas nos terminais e o uso da chamada infraestrutura de ultrapassagem, ociosa desde a entrega das obras de desalinhamento das estações-tubo na pista exclusiva de ônibus, iniciadas em meados de 2011 e finalizadas em 2014 a um custo de R$ 16 milhões.

O projeto para o funcionamento do primeiro trecho do Ligeirão Norte-Sul está em fase final de estudo pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc).

Com o funcionamento da linha, a estimativa é que as viagens no percurso entre os terminais desde o Norte da cidade ao Batel e vice-versa sejam até 20 minutos mais rápidas (metade do tempo atual), em comparação com o tempo gasto com a paradora Santa Cândida/Capão Raso.

O ganho de tempo ocorre porque o Ligeirão terá oito pontos de parada, enquanto a linha atual, que continuará em circulação, tem 16 no trajeto.

Na ligação do Norte no sentido Sul os ônibus farão o retorno vazios pelo sistema viário existente no entorno da Praça do Japão – a estrutura da praça continua exatamente a mesma da atual, sem nenhum prejuízo a este espaço público.

A Linha Direta fará o desembarque final na estação Bento Viana, o retorno pelo entorno da Praça do Japão e o embarque na estação do lado oposto com sentido ao Terminal Santa Cândida.

Últimas Notícias