banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Chuvas deixam rios do litoral impróprios para banho

Nas praias, a Ponta da Pita permanece sem condições

O sétimo boletim divulgado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) nesta sexta-feira (02) aponta que o número de locais não recomendados para banho aumentou nos rios do Litoral. A alteração da condição da água em muitos locais foi alterada por conta das chuvas que atingiram a maior parte do Estado nas últimas semanas.

Ao todo, quatro dos 49 pontos de monitoramento estão impróprios para banho no Litoral, além dos outros 10 que são considerados permanentemente impróprios mesmo fora da temporada de verão. No Interior, as condições se mantiveram, com apenas um local não recomendado para atividades de contato primário.

As amostras de água são coletadas do mar e dos rios nos dias e locais que registram maior fluxo de banhistas, onde há maior possibilidade de contaminação. Esse trabalho possibilita avaliação de concentração de bactérias Escherichia coli (E.coli) na água, que permite a verificação de contaminação por esgoto sanitário clandestino e a possibilidade de uso da água para atividades de lazer de contato primário, como natação, mergulho e esqui aquático.

LITORAL – A nova análise mostra que o Rio Nhundiaquara, em Morretes, continua não recomendado para banho, mas dessa vez os dois locais onde é feita a coleta de água para análise estão impróprios, na altura do Porto de Cima e do Largo Lamenha Lins. Além desse local, o Rio do Nunes, também em Morretes, próximo a ponte da PR-340, também apresentou maior concentração de bactérias, sendo não indicado para banhos.

Na Ponta da Pita, em Antonina, que tem apresentado concentração de bactérias em níveis superiores aos recomendados pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), continua impróprio para banho.

Ao todo, são monitorados 49 locais na região, sendo 13 pontos em Guaratuba, 14 em Matinhos, 11 em Pontal do Paraná, cinco na Ilha do Mel, três em Morretes e dois em Antonina.

Além dos locais monitorados semanalmente, os boletins do Litoral também trazem maior destaque para informações das condições de dez pontos considerados permanentemente impróprios para banho no Litoral - onde rios, canais e galerias pluviais desembocam no mar. Esses locais são acompanhados durante todo o ano e também na temporada, mas não entram na verificação semanal porque já se sabe que a água não corresponde aos padrões estabelecidos.

28 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest