Polícia do Paraná apreendeu em 2017 68 toneladas de drogas

Apreensões aumentaram 61% em relação a 2016

A Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), da Polícia Civil do Paraná, apreendeu, no ano passado, mais de 68 toneladas de drogas, entre maconha, cocaína, crack, haxixe, ecstasy, LSD e lança-perfume. A quantidade, comparada com o mesmo período de 2016, aumentou 61% em todo Estado.

Para o delegado-geral da Polícia Civil, Julio Reis, o fato da Denarc estar atuando entre diversos núcleos estabelecidos no Interior e Capital tem sido fundamental para o sucesso das apreensões. “A qualificação dos policiais que atuam nessas unidades, somado a eventuais trabalhos conjuntos com outros órgãos, tem sido outro fator que agrega no resultado”, disse.

No combate ao narcotráfico, a polícia também coíbe outros tipos de crimes. “Por trás do tráfico, há uma infinidade de delitos, como crimes contra o patrimônio e homicídios, o que significa que, indiretamente, combatemos outras infrações penais”, acrescenta.

O maior volume de apreensão em 2017 foi o de maconha, que ultrapassa 67 toneladas em todo o Estado, seguido de cocaína: 394 quilos, crack: 136 quilos; e haxixe: 38 quilos, além de 13.870 pontos de LSD, 5.406 comprimidos de ecstasy e 22 frascos de lança-perfume.

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest