A paixão pela arte e as relações sociais por baixo das roupas

Revelando Retratos de pessoas fortemente tatuadas

Para muitas pessoas, a pele é uma tela para exibir arte. Algumas pessoas estão satisfeitas com uma ou duas tatuagens, mas outras continuam enquanto áreas inteiras de seu corpo são cobertas com tinta colorida. O fotógrafo britânico Alan Powdrill documentou esses corpos em um projeto chamado COVERED, uma homenagem àqueles que estão dispostos a ir ao extremo da tatuagem. Sua série apresenta duas imagens por pessoa: uma onde elas estão com roupas que cobrem seu corpo, e outra onde as tatuagens são reveladas.

As fotografias reveladoras demonstram a complexidade da identidade humana. Para essas pessoas, as roupas simbolizam apenas uma parte de suas vidas. Elas usam ternos, jeans ajustados e camisas pressionadas - são profissionais de negócios, trabalhadores e pais responsáveis. Usar essas roupas faz-nos vê-las de uma certa maneira, uma que reflete uma atitude "civilizada". Mas quando eles estão despidos, oferece um aspecto diferente de seu estilo de vida e levanta a questão: mudamos nossa atitude em relação a uma pessoa, uma vez que descobrimos que eles têm um tigre gigante em suas costas? Além disso, qualquer imagem pode realmente refletir a complexidade do caráter de um humano?

Powdrill conheceu os “COVERED” em salões de tatuagens e em mídias sociais. À medida que a palavra do projeto se espalhava, ele encontrava dezenas de pessoas ansiosas para mostrar seu trabalho. Todos os retratos foram tirados fora das casas dos tatuados, e Powdrill acompanha cada retrato com uma citação significativa deles, sobre suas tatuagens.

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest