Urbs faz vistorias do transporte escolar

Curitiba tem 860 veículos que prestam o serviço

A Urbs já começou a vistoria semestral dos veículos do transporte escolar cadastrados para prestar o serviço na capital. Este ano vence o prazo do Conselho Nacional do Transito (Contran) para que todos os veículos com data de fabricação anterior a 2016 estejam com espelhos retrovisores, câmera-monitor ou outro dispositivo equivalente para ampliar a visão externa do motorista. Após 2016, os veículos já contam com o item de fábrica.

Em Curitiba, cerca de 860 veículos são licenciados para a atividade, entre vans, micro-ônibus, ônibus e Kombis. Cada veículo deve passar por duas vistorias por ano. A estimativa da Urbs é que mais da metade da frota é de veículos fabricados anteriormente a 2016.

Até agora estão sendo feitas cerca de cinco vistorias por dia, mas a tendência é aumentar. “É bom se antecipar, pois em fevereiro a fila costuma ficar grande”, disse Marcelo Ferreira, responsável pela Unidade de Fiscalização do Transporte Comercial da Urbs.

O trabalho é feito das 8h30 às 17 horas, por ordem de chegada no pátio da Urbs, atrás da Rodoviária de Curitiba. “Estava na praia e voltei para fazer a vistoria e correr atrás de deixar o carro em dia para a volta às aulas”, disse o motorista e proprietário de uma van escolar Willian Seco Sordi.

O transporte escolar é um serviço regulamentado e com licenciamento obrigatório. Em Curitiba é a Urbs quem controla o serviço, emite as licenças, fiscaliza o trabalho dos motoristas, acompanha a capacitação e vistoria o veículo.

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest