banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Deputado diz que não será ministro por “veto de Sarney”

O maranhense Pedro Fernandes teria sido convidado para a pasta do Trabalho

O deputado Pedro Fernandes (PTB-MA), que havia anunciado na semana passada ter recebido e aceitado convite para comandar o Ministério do Trabalho, afirmou nesta terça-feira (2) que não irá mais assumir a pasta porque foi "vetado" pelo ex-presidente José Sarney (PMDB).

O parlamentar maranhense disse que "não deu" para ser ministro porque seu nome criaria "embaraço" entre o presidente Michel Temer e Sarney, um dos políticos mais influentes do PMDB e do Maranhão, base eleitoral de Pedro Fernandes.

"Infelizmente, não deu, devido ao embaraço que eu crio na relação do presidente Temer com o ex-presidente José Sarney", relatou Pedro Fernandes.

"Veto do Sarney", complementou o deputado do PTB, ressaltando que não foi anunciado ministro do Trabalho por ter sido vetado pelo ex-presidente da República.

27 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest