Cris Cyborg vence Holly Holm e mantém invencibilidade

Brasileira venceu por decisão unânime dos juízes

Cris Cyborg pediu aos fãs antes da luta na noite deste sábado, no UFC 219: “Tenham paciência se durar cinco rounds”. E assim aconteceu. A campeã peso-pena (até 66kg), acostumada a nocautear quase todas as suas adversárias, trabalhou durante os 25 minutos de luta e foi superior à desafiante e ex-campeã peso-galo (até 61kg) Holly Holm. Cyborg venceu por decisão unânime (49-46, 48-47, 48-47) e chegou a 19 vitórias, com apenas uma derrota na carreira.

“Quero agradecer a Holly Holm, ela é uma lutadora impressionante, agradecer a Deus pela oportunidade e a todos que vieram hoje. Gostaria de lutar na Austrália contra a Megan Anderson, tenho muitos fãs lá. Estou pronta para qualquer uma”, disse Cris Cyborg ainda em cima do octógono.

A australiana Megan Anderson seria a primeira desafiante ao título de Cyborg, mas teve problemas com o passaporte e foi substituída por Tonya Evinger na última luta da brasileira.

30 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest