banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Polícia encontra notas falsas no litoral do Paraná


Em Antonina, dois homens e três mulheres foram presos em flagrante na tarde de quarta-feira (27/12) pelos policiais militares com aproximadamente R$ 1 mil em notas de 100 reais falsas. A abordagem foi possível graças a denúncias repassadas pelo 190, por isso a importância das pessoas em identificar uma nota falsa e como agir caso seja vítima desse crime.

A ocorrência foi por volta de 15 horas, quando informações apontavam que um grupo de pessoas estava tentando passar dinheiro falso em alguns comércios em Antonina, utilizando um GM Vectra, de cor azul. Com as características dos suspeitos as equipes policiais fizeram buscas e descobriu-se que os suspeitos estariam indo para Morretes e montaram um cerco na região do bairro Branco.

O carro foi localizado e abordados os envolvidos, que estavam com uma criança de 2 anos e um adolescente de 15 anos. Durante a revista pessoal à uma das mulheres foi encontrado um revólver de calibre .38 com seis munições intactas em sua roupa íntima (sutiã). Em duas carteiras encontradas com o casal havia 11 notas falsas de 100 reais, as quais teriam sido adquiridas em Curitiba pelo homem.

Com o flagrante os envolvidos e as notas foram entregues à Delegacia de Polícia Civil de Morretes para as medidas legais, e posteriormente entregues à Delegacia da Polícia Federal de Paranaguá para os procedimentos de polícia judiciária.

As pessoas devem atentar-se principalmente quanto às notas de maior valor, geralmente as que são mais falsificadas. Observar detalhes como a marca d'água, tipo de papel, cor, relevos e outros elementos podem ajudar a identificar o material falso. Se o cidadão suspeitar da tentativa de golpe, deve imediatamente acionar a Polícia Militar para que faça a averiguação necessária.

Além de estar disponível pelos telefones de emergência, a Polícia Militar reforçou o policiamento ostensivo preventivo fardado nas áreas comerciais dos sete municípios litorâneos, locais que possuem incidência acentuada desse tipo de contravenção penal.

É importante que a comunidade denuncie casos de repasse de dinheiro falso para que o golpista seja localizado e seja encaminhado ao órgão competente.

27 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest