Greca destaca renovação da frota como ponto positivo da sua gestão


No primeiro ano da sua gestão como prefeito de Curitiba, Rafael Greca destaca que a renovação da frota é um dos pontos altos. O prefeito diz que foi preciso muita negociação com os empresários do setor e o fim das ações judiciais. Greca garante ainda que os empresários não vão lutar por um novo reajuste na tarifa em fevereiro, mês em que ocorre o dissídio de motoristas e cobradores.

Em novembro, a Prefeitura e o Sindicato das Empresas de ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp) assinaram um termo de ajuste, que garantiu a renovação da frota do transporte coletivo da capital.

O termo de renovação da frota colocou fim a 23 ações judiciais das empresas contra a URBS que tramitavam na Justiça desde 2013, sob a justificativa de desequilíbrio financeiro do contrato, o que impedia a renovação. Com o fim desse questionamento judicial, serão adquiridos o mínimo de 150 novos ônibus por ano até 2020, num total de 450 veículos.

Os primeiros 10 novos ônibus já começaram a circular pela cidade. Todos são para a frota convencional, destinados a linhas alimentadoras que fazem a ligação entre os bairros e os terminais da cidade. Os alimentadores são identificados pela cor laranja e começaram a circular no dia 12 de dezembro.

Os novos ônibus estão nas linhas Fazendinha/Portão, Itatiaia, Porto Belo, Campo Comprido/CIC, Campo Comprido/Capão Raso. Juntas, essas linhas transportam 24 mil pessoas por dia útil.

Em março de 2018 serão entregues 25 novos biarticulados para o eixo Santa Cândida-Capão Raso.

21 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest