15 mil itens apreendidos de camelôs são repassados à Receita Federal


Nos últimos 30 dias, a fiscalização da Secretaria Municipal do Urbanismo e Assuntos Metropolitanos apreendeu 15.692 itens com vendedores ambulantes irregulares que estavam atuando na região central da cidade. Foram 10.850 DVD’s, 478 CD’s, 4.125 carteiras de cigarro e 239 frascos de perfume.

O secretário Júlio Mazza de Souza explica que a região é muito visada para atuação dos ambulantes. “Eles costumam ficar no Centro e bairros próximos devido ao grande fluxo de pessoas”, afirmou. “Acabam atrapalhando o funcionamento do comércio estabelecido e muitas vezes a própria circulação de pedestres”, disse.

Nos casos em que os itens apreendidos não têm nota fiscal, os produtos são encaminhados para a Receita Federal. “Um grande problema desses produtos é que não tem como verificar a procedência, então seu consumo pode ser perigoso”, comentou Souza. Os frascos de perfume falsificados são descartados.

30 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest