Coworking cresceu 120% em Curitiba no último ano


Seguindo uma tendência mundial, Curitiba é uma das capitais brasileiras que mais aumentou seu número de coworkings no último ano. Segundo os dados levantados pelo Censo Coworking Brasil 2017, a capital paranaense cresceu pelo menos 120% no mercado de espaços compartilhados de trabalho. Em 2016, o município tinha 20 coworkings registrados, e hoje são pelo menos 44 espaços de coworking em Curitiba.

No Paraná, já são 69 espaços no total, sendo Londrina e Maringá duas das principais cidades de destaque desse cenário. Curitiba possui cerca de 63% de todo o mercado no Estado, e as regiões com a maior concentração de escritórios compartilhados na capital são os bairros Batel e Alto da XV. Mas, em geral, os coworkings têm se espalhado pela maioria das regiões da cidade, facilitando a escolha do escritório ideal de trabalho.

Assim como no restante do Brasil, o Paraná acompanhou o crescimento intenso desse mercado. Pelo país, os espaços compartilhados mais que dobraram entre 2016 e 2017, e a expectativa é que esse número siga aumentando em 2018. A tendência é internacional, mas no país é especialmente evidente, uma vez que cada dia mais brasileiros reconhecem o modelo de coworking como uma alternativa mais eficiente e de menos risco em relação ao aluguel de escritório tradicional. Além disso, também é esperado um movimento de novos espaços em cidades menores, como já acontece nos mercados americano e europeu.

20 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest