Polícia de Curitiba faz treinamento com simulação de atentado terrorista


O Grupo Tigre realizou na manhã de sexta-feira uma simulação de atentado terrorista e atendimento de primeiros socorros. O treinamento faz parte de um curso de aperfeiçoamento promovido pela Escola Superior da Policia Civil. Ação ocorreu na sede do grupo Tigre na Vila Izabel, em Curitiba.

A simulação foi realizada em um estacionamento. De acordo com o delegado Cristiano Quintas, o objetivo do treinamento foi entrar no local de forma rápida, neutralizando as ameaças de possíveis terroristas que atentavam contra a vida de pessoas que estavam no local já feridas.

“Após uma negociação frustrada, o Tigre domina a situação e da início ao exercício solicitado pela ESPC, que promoveu o curso de primeiros socorros. São 22 alunos de todas as carreiras que foram colocados em campo para a realização de triagem dos feridos”, disse Quintas. O delegado também falou sobre o aperfeiçoamento desenvolvido pelo Tigre. “Estamos treinando sempre, aprimorando nossas táticas para que tudo possa ocorrer bem no momento de uma situação real”.

No atendimento aos feridos, os policiais colocaram em prática os exercícios que foram estudados ao longo dos quatro dias de atividades teóricas, totalizando 40 horas aulas.

O diretor da ESPC, Sebastião Ramos dos Santos Neto, comentou sobre o curso.“Foi montado um cenário mais próximo da realidade para que os alunos absorvam as técnicas da melhor forma possível. A proposta é de que esse treinamento seja realizado também no ano que vem”, comentou.

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest