Jackie Graves e um estilo de ação


Por - Peter Silkov

Jackie Graves, apelidado de 'The Austin Atom', era um canhoto duro, que misturava com alguns dos melhores 126-pounders da década de 1940 e 50. Graves nasceu, John Thomas Graves, em 12 de setembro de 1922, em Austin, Minnesota. Após uma carreira amadora, que o viu ganhar vários títulos, Graves tornou-se profissional aos 22 anos de idade em 1944. Graves hard-punching, estilo de toda a ação fez um grande sucesso com os fãs.

Durante sua carreira profissional, Graves lutou com lutadores famosos como Harry Jeffra, Charlie Riley, Luis Castillo, Tony Olivera, Jose Gonzalez, Victor Flores, Charley Cabey Lewis, Jackie Wilson, Jackie Callura, Lefty Lachance, Jimmy Joyce, Clint Miller, Spider Armstrong, Harry Lasane, Harold Dade, Willie Cheatum, Manny Ortega, Bobby Bell, Humberto Sierra, Teddy Davis, Glen Flanagan, Ernesto Aguilar e Manuel Ortiz,

Durante o final da década de 40, Graves foi classificado no ranking mundial pela revista "The Ring", mas nunca foi capaz de garantir uma luta no título mundial. O mais próximo que Graves chegou foi uma chance no título mundial quando lutou contra o campeão mundial, Willie Pep, em 25 de julho de 1946, mas em uma luta sem título. Esta é a luta na qual Pep diz ter ganho uma rodada (a 3ª) sem jogar um soco, mas apenas esquivando golpes de Graves, mas isso foi provado falso por várias fontes que estavam na luta.

Vários relatos desta luta dizem que tanto Pep quanto Graves estavam no chão. Graves colocou uma exibição valente, mas finalmente foi interrompido na 8ª rodada.

Em uma entrevista com Jake Wegner, Graves falou de sua maior lembrança de sua carreira. "Todos foram ótimos. Mas minha luta com o campeão do mundo, Willie Pep. Independentemente do resultado, esse foi o meu maior momento da minha carreira. Eu só queria poder fazê-lo novamente - tudo isso. Eu costumava brincar com Willie que seu nome é Pep, e ele tem muito pep. (risos) Lordi, aquele homem nunca ficou sem gás. Ele foi ótimo."

Graves lutou até 1956, com sua última luta sendo uma derrota da 3ª eliminatória para Glen Flanagan em 22 de março de 1956. O recorde final de Graves foi (82-11-2, 48koes).

Jackie Graves morreu em 15 de novembro de 2005, depois de uma longa luta com a doença de Alzheimer.

(qualquer dúvida sobre a origem do texto me envie um e-mail diegogravura1@gmail.com)

27 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest