banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Tatuagens como arte ou consumo de massa?


Do impressionismo aquarela aos contornos geométricos negros: os melhores artistas de tatuagens estão reinventando a arte da pele. As pessoas viajam ao redor do mundo para obter peças únicas. Você iria?

Classificar as cores, desinfetar as mãos, desembala as agulhas descartáveis e coloca luvas estéreis. A arma de tatuagem, com suas agulhas perfurando a pele, parece uma escova de dentes elétrica. Ela trabalha por um tempo em silêncio. "Quando estou tatuando, estou em um modo de design. É um processo artístico", diz o artista de tatuagem alemão Wiebke Turner, também conhecido como "Donna Tinta", depois de alguns minutos.

O corpo humano como uma tela

A tatuagem, uma vez limitada a grupos sociais específicos e celebridades, tornou-se parte integrante da nossa cultura cotidiana. De acordo com um estudo de 2014 do Uniklinikum Bochum, mais de seis milhões de alemães são tatuados.

Dado o crescente número de pessoas tatuadas e o boom dos eventos de tatuagem na Alemanha, muitos estão tentados a perguntar: as tatuagens são arte ou apenas um item de consumo em massa? Donna Tinta acredita que se torna uma arte de quando uma pessoa cria algo único.

3 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest